acampamento

e neste clã destino de corruptos
que nos encontra rumo ao sul caminho
de chuvas geada e folhas ressecadas
uns poucos mercenários cobram muito
por um grão similar à carne magra
mas não lhes falta emprego sobretudo
em invernos bissextos cujas noites
marcadas a fractais de rugas brancas
ressaltam o tom púrpura dos mantos
ora mais claro quase um desbotar
ao vir da estrela d’alva no horizonte
ora escuro mais denso que mercúrio
quando se usa a chancela de teu nome

os demais plantam ervas de benzer

todos se reconhecem pelas roupas
ou pelo barro sob as unhas seco
de escribas ou viscoso de guerreiro
onde a bíblia é um lírio de chá amargo
que se bebe quando há ranger de dentes

hoje um lótus nasceu em meio às virgens
os jovens dizem: hora de partir
sabedoria a qual os anciãos
se apressam em louvar com sal e incenso
antes que a lua impeça a despedida
marcando o calendário de ter filhos
quando a mulher recolhe seu umbigo
em meio à vista grossa dos herdeiros

ao sal a lesma sente a morte cômica

Anúncios

feira virtual de livros da editora Patuá

A editora Patuá está com uma promoção imperdível de fim de ano!

Até o dia 19 de dezembro, mais de 130 livros do seu catálogo, incluindo cidade adeus, estão disponíveis pelo preço fixo de R$ 20,00 + frete único para todo o país.

Para comprar, clique aqui.

Após confirmação de pagamento, basta enviar um e-mail para editorapatua@gmail.com indicando o livro escolhido. A entrega será realizada em até 5 dias úteis.

A lista é grande, confira:

1. Segredaria, de Cel Bentin
2. Outro dia de folia, de Eduardo Lacerda
3. Companhia Brasileira de Alquimia, de Manoel Herzog
4. Gravando, de Aline Rocha
5. Livre-me, de Caio Carmacho
6. Daqui, em 1976, acenei para você, de Letícia Simões
7. Glacial, de Jorge Elias Neto
8. Sumi-ê, de Nydia Bonetti
9. Distraídas astronautas, de Simone Teodoro
10. Asa de lagarta, de Vanessa Reis
11. As sete faces da cidade, de Sidnei Olivio
12. Cidade adeus, de Fabio Riggi
13. Notas Marginais, de Ana Karina Bucciarelli
14. Lugar Outro, de Walmir Fernandes
15. Chá de Jasmim, de Ana Estaregui
16. Dias estranhos, de Sebastião Silveira
17. Anilina, Ziguezague e Desirée, de João Paulo Hergesel
18. A estante deslocada, de Rafael F. Carvalho
19. Lança além do real só, de Leandro Rafael Perez
20. Réquiem, de Anderson Lucarezi
21. Pequenos delitos, de Anderson Petroni
22. Pequenos afazeres domésticos, de Lilian Aquino
23. Considerações sobre a arte de escrever e outras crônicas, org. Sérgio Simka
24. Contentíssima em Caconde, de Renata de Andrade
25. Vento noroeste, de Andre Argolo
26. Metáforas para um duelo no sertão, de Linaldo Guedes
27. A linguagem dos pássaros, de Tere Tavares
28. Marmotas, amores e dois drinks flamejantes, de Daniel Perroni Ratto
29. O Galope de Ulisses, de José Inácio Vieira de Melo
30. Poesia LTDA, de Charles Marlon
31. Sub-verso, de Charles Marlon
32. Temporário, de Stefanni Marion
33. Cochicho do nada, de Aurimar Nunes
34. Poética de se afogar em conchas, de Vanessa Caspon
35. Cravos da noite, de Willian Delarte
36. Limiar, de Carlos F B Martin
37. Poemas para o século XX, de Rafael Rocha Daud
38. Ainda cerne, de Vinicius Baião
39. Poesia: use várias vezes ao dia, de Constança Lucas
40. Telefone sem fio, de Vera Helena Rossi
41. Ainda é muito cedo pra ser tarde demais, de Marla de Queiroz / Marla de Queiroz
42. Dexistir, de Natame Diniz
43. Underplayground, de Ricardo Coquet
44. O livro espantado, de Priscila C. Lopes
45. 50 anos de Catequese Poética, organização de Rubens Jardim
46. Mosaicos, de Michelle C. Buss
47. Poesia em flor menor, de Cecília Erismann
48. Salão Chinês, de Antonio LaCarne
49. Sob o amor, de Antônio Mariano
50. As coisas de João Flores, de Marco Cremasco
51. De carne e concreto, de Julianna Motter
52. Vitamina, de Juliana Bernardo
53. A representação matemática das nuvens, Folha de Arruda
54. Jardim Minado, de Pedro Tostes
55. Cinemaginário, de Ricardo Corona
56. Poemas para Palestina, organização de Claudio Daniel
57. O desafio das probabilidades, de Gabriel Tarragô
58. entranhamento, de Bruna Escaleira
59. Pow-emas e outros jabs líricos, de Edson Valente
60. Obscenos gestos avulsos, de Glaysson Zamt
61. Rio raso, de Fabio Rocha
62. Corpo partido, de Davi Kinski
63. A diferença do fogo, de Paulo Paulo Sposati Ortiz
64. 70 poemas, de Ana Peluso
65. Contíguo, de Danilo C. Gusmão
66. Caravana, de Carina Castro
67. Antese, de Gilberto Canto
68. Fotogramas, de Luiz Brener
69. De pé, de Leonardo MAthias
70. @m@r, de Helga Bevilacqua
71. Chave de espadas, de Camillo José
72. O que esperar de uma flor amarela, de Izabela Orlandi
73. Bandarilhas, de Caio Henrique Solla
74. Intimidade Inconfessável, de Fernanda Fatureto
75. A poesia agora é o que me resta, de Diego Callazans
76. Tempestardes, de Leonardo Chioda
77. Nossa Teresa – vida e morte de uma santa suicida, de Micheliny Verunschk
78. Corpos em cena, de Susanna Busato
79. Marambaia, de Carina Carvalho
80. Literatura de quintal, de Thiago Sogayar Bechara
81. O secreto nome do sol, de Alexandre Bonafim
82. Desflor, de Alexandre De Melo Andrade
83. Refrão da fuligem, de Rosana Piccolo
84. Solidão de Caronte, de Homero Gomes
85. Cartas para Naíma, de Lalo Arias
86. Domingo no matadouro, de Marcelo Pierotti
87. Poemas em autoplágio, de Wilson Caritta
88. Quando éramos mais, de Caio Tozzi
89. Canção Antiqüe, de Greta Benitez
90. Poemas do bom, do mau e do médio humor, de Maria Helena Nery Garcez
91. Meu anjo e demônio lírico, de Eduardo Frias
92. O ato de riscar um palito de fósforo, de Artur Rodrigues
93. Desrio, de Hudson Machado
94. Poemas de atracação, de Luiz Carlos Andrade
95. Do buraco à poça, de Marcus Groza
96. Fragmentário, de Denizart Fazio
97. Febre, de Renato Essenfelder
98. Corpocárcere, de Donny Correia
99. A fome insaciável dos olhos, de Edson Bueno de Camargo
100. Iluminuras, de Vanderley M Mendonça
101. Lira do Lixo, de Adriano Scandolara
102. Nós em miúdos, de Hercília Fernandes
103. O cortejo, de José Luis Queiroz
104. Sarabanda, de Ana Rüsche
105. Deslocamentos líricos, de Alessandra Cantero
106. 30 poemas e solidão, de Devair Fiorotti
107. As raízes que invadiram a casa, de Vernaide Wanderley
108. Poesia sempre, de Antônio Lázaro de Almeida Prado
109. Boneca Russa em Casa de Silêncios, de Daniela Delias
110. Noites áridas, de Ricardo Russano
111. Contos do rio Estige, de Luiz Fernando Pierotti
112. O susto do sapiens, de Edmilson Felipe
113. Pop para choque, de Vlado Lima
114. Boatos do corpo, de Marcelo Donatti
115. Para um corpo preso no guindaste, de Julia Bicalho Mendes
116. Alecrim, de Ronaldo Ventura
117. Entre o elevador e a praça, de Fátima Brito
118. O azul versos o cinza, de Marco Aqueiva
119. Cantos do cotidiano, de Flávio Mello
120. Poesia restaurada, de Zaqueu Machado
121. Olhos de barro, de José Geraldo Neres / Neres José Geraldo
122. Dois de novembro, de Del Candeias
123. 09 contos de abril, de Eric Ferreira Dantas
124. Vário som, de Elisa Andrade Buzzo
125. Para seus olhos de vidro, de Andrea de Barros
126. Retalhos e epopeias, de Carolina Bernardes
127. Poemas para ler em pé, de Douglas Dias Ferreira
128. Sangue de mim, de Polyana de Almeida Ramos
129. Digerindo Penas, de Flávio Aquistapace
130. Neblina, de Cesar Veneziani
131. Mingutas, de Edison Veiga

paz

poucos retornam vivos das masmorras
mas os números não importam mais
com a chegada do último combate
os partidos caem caem os ministérios
sobre as ações da zona do euro mas
uma criança respira entre os escombros
é a anarquia devolvida à mão dos pobres
batam palmas as almas estão puras
e fazem guerra contra os semelhantes
as aves batem asas para o leste